4 bate-e-voltas saindo de milão

4 Bate-e-voltas saindo de Milão que valem a pena

Aqui irei comentar 4 bate-e-voltas saindo de Milão na Itália de trem ou de carro: Lago de Como, Bergamo, Bologna e Gênova. Caso você vá ficar mais de 3 dias em Milão, vale a pena sair e conhecê-las. Ressalto que existem outras cidades que ficam a cerca de 2h de Milão (como Florença, Roma), mas que precisariam de mais de 1 dia para serem exploradas.

Índice – 4 bate-e-voltas saindo de Milão:

Hospedagem em Milão

Para poder se chegar tranquilamente à estação de trem Milano Centrale, de onde saem a maioria dos trens de alta velocidade, eu recomendaria uma estadia em um hotel nas proximidades, pois você ganharia tempo para poder fazer os bate-e-voltas. Eu fiquei hospedada no Hotel Flora Milano, que por cerca de 60 a 70 euros por noite (reservas pelo Booking.com) oferecem um quarto espaçoso e ainda tem café-da-manhã incluso. Mas na região há diversas outras opções de hotéis:

Booking.com

Estação de Trem em Milão

A principal estação de trem em Milão é a Milano Centrale. Caso queira ver informações sobre passagens, ou comprar online, é só acessar o link oficial das companhias de trem na Itála: a Trenitalia ou a Italo. Lembrando que em todos os passeios eu recomendo já comprar a passagem de volta, pois, principalmente em alta temporada, você corre o risco das passagens acabarem. Bom, vamos então aos nossos 4 bate-e-voltas saindo de Milão!!!

Lago de Como – Itália

lago de como
O lindo Lago de Como

Este lago, de origem glacial e o 3º maior da Itália, está situado a cerca de 1 hora de trem de Milão, já na divisa com Suíça, e é um famoso destino dos milaneses durante o verão. Eu fui conhecer a cidade de Como, entretanto existem outras, como Lecco e Bellagio. A cidade de Como é a cidade mais próxima e facilmente acessível de trem de Milão. O lago é famoso porque é frequentado por algumas celebridades internacionais, que possuem mansões na região, como George Clooney, Madonna e Brad Pitt.

Centro da Cidade de Como

lago de como
Porta Torre – Como

A cidade em si é bem pequena: saindo da estação de trem “Como Lago Nord” você já vai dar de cara com o lago. Possui um centro comercial composto de calçadões em um raio de 1km, com diversas lojas e restaurantes, jardins e praças muito agradáveis.

4 bate-e-voltas saindo de milão
Ruas de Como

Catedral de Como

Possui uma Catedral, a Catedral de Como (também conhecida como Cattedrale di S.Maria Assunta di Como), construída em estilo gótico tardio, em 1.396, com sua fachada em mármore de Musso, o que proporciona uma arquitetura singular. Recomendo muito também a visita ao seu interior, pois possui pinturas e vitrais muito lindos.

catedral de como
Catedral de Como

Porta Torre

A cidade conserva uma antiga fortificação, a Porta Torre, da era medieval, e que fica situada em uma das antigas saídas da cidade. Ela tem 40 metros de altura e fica no Largo Gianfranco Miglio, já ao final da cidade antiga, mas a uma curta caminhada do lago (cerca de 1 km). Esta fortificação foi construída na época em que Como se aliou ao Império Germânico após ter sido dominada pelos Milaneses no séc XII.

lago de como
Turistas passeiam pelas ruelas de Como

Na cidade também há um museu dedicado a Garibaldi, construído em um antigo palácio, que foi aberto em comemoração aos seu 50 anos. Atualmente, está conectado ao museu arqueológico, com uma coleção de achados coletados na região.

museu garibaldi
Museu Garibaldi

Quando fui era verão e a cidade estava bem animada. Presenciamos até um show de música em um palco montado em uma das praças!! Portanto, se você for no verão para lá, não irá se arrepender.

Perto do lago há um Templo: o Templo Voltiano. Construído em estilo neoclássico, sedia um museu em homenagem à Alessandro Volta, o inventor da bateria elétrica. Não visitei o museu, mas só a fachada já propiciou lindas fotos.

4 bate-e-voltas saindo de milão
O lindo Templo Voltiano

Da beira do lago saem os ferryboats em direção a outras ilhas e cidades. As passagens podem ser adquiridas no local. Entretanto, caso você planeje conhecer as várias cidadezinhas do lago, recomendo ficar 2 dias em Como.

Pensando em esquiar na Itália?? Então não deixe de ler este post.

Bérgamo Itália

bergamo
Bérgamo vista do alto

A cidade de Bérgamo fica também a 1 hora de Milão por trem. É uma cidade que possui um centro medieval, a Città Alta (cidade alta), e um centro com arquitetura mais atual, que é chamada de Città Bassa (cidade baixa). A atração principal fica por conta da Città Alta, pois é o centro histórico dentro da muralha medieval, datada do século XV.

Fui durante o inverno e como tinha nevado no dia anterior, a paisagem estava lindíssima!!! Saindo da estação de trem, é só caminhar por 10 minutos pela avenida até chegar ao funicular, que leva ao interior da muralha medieval, onde fica o centro antigo. Mas, caso prefira, pode subir também a pé.

bergamo italia
Atrás de mim estava a Cidade Alta

No caminho da estação até o funicular encontramos uma pista de patinação no gelo e uma feirinha de Natal. Passamos também pela Torre dos Caídos (Torri dei Caduti) em homenagem aos soldados mortos na 1ª Guerra Mundial, que possui em seu interior um museu (ingresso 5 euros) e que permite o acesso até o topo para uma vista panorâmica da cidade.

Città Alta Bergamo

No Cidade Alta há 2 praças principais, a Piazza Vecchia e a a Piazza Duomo, uma ao lado da outra. Na Piazza Duomo você encontrará a Basilica de Santa Maria Maggiore, o Duomo de Bergamo (Cattedrale S. Alessandro), a Capela di Bartolomeo Colleoni e o Batistério, todos um ao lado do outro.

basilica bergamo
Basilica Santa Maria Maggiore

Enquanto a Basilica de Santa Maria Maggiore possui um estilo românico, o Duomo, de fachada mais simples, e estilo renascentista, possui um interior surpreendente, com detalhes dourados e obras de grandes artistas, vide a foto de um dos afrescos na cúpula:

duomo de bergamo
Detalhes do teto no Duomo Bergamo

Você pode fazer um tour virtual pela Igreja por meio do site oficial e ver todas as pinturas e detalhes (clique neste link) – recomendo muito!!!

Torre Civica Bergamo

Na Piazza Vecchia há a Torre Civica ou Campanone, construída entre os séc XI e XII, que possui sinos que antigamente tocavam 100 baladas às 22h, avisando a população que as portas da cidade seriam fechadas. Pode-se subir a torre por 3 euros.

torre civica bergamo
Torre Civica – Bergamo

Entre as duas praças há a Torre Pública, que pode ser acessada, podendo se ter uma vista panorâmica.

Castelo de San Vigilio

bergamo castelo
Torre do Castelo

Eu preferi ver a vista panorâmica de cima da muralha que cerca a cidade. Pode-se chegar na muralha ao redor do Castelo de San Vigilio (sec XV/XVI), que fica na Via San Vigilio. A entrada para o Castelo é gratuita. Você pode subir a Torre do Castelo e ter uma vista ainda mais do alto!!! Em volta ao castelo há jardins e alguns canhões.

4 bate-e-voltas saindo de milão
Vista Panoramica do alto do Castelo

Pratos Tradicionais de Bergamo

Na hora do almoço, não deixe de provar os pratos tradicionais da cidade, a polenta Taragna (polenta de trigo milho e trigo saraceno, bem rústica) e a minestra de riso e farro (sopa de arroz, verdura e trigo), que eram comidas típicas dos moradores das zonas rurais.

Quer dicas do que fazer em Milão?? Então leia este post.

Bologna Itália

Palazzo d'Accursio
O Palazzo d’Accursio

Bologna fica mais distante de Milão, cerca de 200 km, e por isso, recomendo ir de trem de alta velocidade, que leva cerca de 1h15. A cidade é muito charmosa!!! Tem origem etrusca, tendo sido povoada em 510 a.C. Possui os prédios mais antigos construídos em terracota, e as calçadas possuem arcos que protegem os pedestres do sol e chuva, o que torna o passeio melhor ainda. Saindo da estação de trem, a uma curta caminhada você já chega na região central. A Piazza Maggiore é o ponto turístico da cidade. Ela compreende quatro Palácios: o Palazzo d´Accursio (hoje um museu), o Palazzo dei Notai (antiga guilda dos notários), Palazzo dei Banchi (antigo banco) e Palazzo del Podestá (antiga delegacia). E por fim, ali também está a Basílica de San Petronio.

Basilica de San Petronio

4 bate-e-voltas saindo de milão
Basilica de San Petronio

Sua construção, em estilo gótico, se iniciou em 1.390 e terminaram apenas em 1.663. Sua fachada é o que chama mais atenção, pois a parte de baixo é toda em mármore rosa e a parte de cima parece estar inacabada, algo que realmente aconteceu mas que acabou sendo preservado.

Torres de Bologna

Andando mais adiante você encontrará as 2 mais famosas torres da cidade: a Garisenda e a Torre de Asinelli, construídas no séc XII e que já estão um pouco tortas, mas calma, não correm risco de cair, e você pode visitar uma delas. Subi os 498 degraus de madeira da Torre de Asinelli que é considerada a torre pendente mais alta da Itália: são 97 metros de altura e 1,3 graus de inclinação.

torre de bologna
Subindo os Degraus de Madeira da Torre de Asinelli

Devo dizer que a experiência valeu a pena, pois a vista panorâmica da cidade é surpreendente: pode-se ver os telhados de terracota, todos vermelhinhos, e as casas com arquitetura da era medieval.

4 bate-e-voltas saindo de milão
Vista Panoramica de Bologna

Já a Torre de Garisenda tinha quase a mesma altura da torre vizinha, mas foi degradada pelo tempo e pela falta de sustentação de sua estrutura, sendo bem mais baixa, e tendo uma inclinação de 4 graus, o que é bem visível e dá até um medinho!!!

torre de bologna
Vista Panoramica de Bologna

O Prato mais famoso de Bologna

E claro, não deixe de ir embora sem antes experimentar o prato (que na verdade é um molho) que fez a cidade ficar conhecida mundialmente: o bolonhesa, conhecido na Itália como “ragù”, um molho de tomate com carne desfiada. Comi um tagliatere al ragù e estava maravilhoso!!!

Gênova Itália

4 bate-e-voltas saindo de milão
Porto de Genova

A 1h30 de trem de Milão chega-se a Gênova, uma cidade portuária. Chegando da estação de trem você precisa fazer uma caminhada moderada até chegar ao cais do porto.

Porto de Gênova

O Porto Antigo de Gênova tem suas origens no século V a.C, tendo sido reurbanizado na década de 90, sendo portanto agora uma das atrações mais visitadas da cidade. Possui um aquário considerado o maior da Itália e também a Biosfera (Bolla de Renzo Piano), uma estrutura cilíndrica de vidro que contém plantas e vegetais da floresta tropical.

bioesfera genova
A Biosfera de Gênova

Centro de Gênova

Fora o Porto, seguindo pela Via San Lorenzo, principal rua do centro antigo, se encontra a Catedral de Genova (Igreja de San Lorenzo). Esta Igreja, construída entre os séc XIII e XIV é toda listrada em preto e branco, com influências da arquitetura gótica francesa, barroca e românica. Ela é famosa por guardar uma réplica de uma bomba da 2ª guerra mundial que caiu nela, mas não explodiu!

catedral genova
Igreja de San Lorenzo

Logo adiante está a Igreja de Jesus (Chiesa del Gesù e Santi Ambrogio), em estilo barroco do séc XV e que conserva em seu interior obras de Rubens e Reni.

igreja de jesus genova
Igreja de Jesus

Ao lado desta Igreja você encontra a Piazza di Ferrari, que possui uma linda fonte e o Palazzo Ducale logo ao lado. Este palácio do sec XIII atualmente é um dos maiores centros de arte da cidade, abrigando diversas mostras de arte (maiores informações no site oficial).

palazzo ducale
Palazzo Ducale de Genova
4 bate-e-voltas saindo de milão
Piazza di Ferrari

Por fim, é possível ir em uma das praias de Gênova. Elas ficam bem próximas ao centro. Caso não esteja de carro, é possível pegar um ônibus e chegar em poucos minutos. As praias da cidade não são tão bonitas, ao invés de areia, é aquele pedregulho, sabe??? Além disso, é preciso alugar um guarda-sol ou cadeira para poder se sentar (todas são praias particulares).

praia de genova
Vista de uma das praias de Gênova

Enfim, aqui foram algumas sugestões de 4 bate-e-voltas saindo de Milão de trem ou carro. Como disse anteriormente, estas são 4 cidades em que você pode realizar a maioria dos passeios em 1 dia, então seriam boas sugestões de bate-e-voltas saindo de Milão ou das redondezas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima