avenida paulista sp

Avenida Paulista SP – Confira Roteiro de 1 dia

São Paulo é uma das cidades mais visitadas do Brasil. Seja por viagens de negócios ou turismo, a cidade cativa a todos que a visitam, sendo a Avenida Paulista, em SP, um dos seus cartões-postais. Morei na cidade por 10 anos e neste post darei dicas dos principais passeios que podem ser feitos e o jeito mais fácil de percorrê-la.

Um pouco sobre a Avenida Paulista SP

avenida-paulista-sp
O icônico prédio da FIESP

A Avenida Paulista é onde está o coração da cidade!!! Ali você encontrará pessoas de vários locais do Brasil e até mesmo muitos estrangeiros. Durante a semana ela fica bem movimentada, com muita gente que trabalha nos escritórios se deslocando pelas largas calçadas. Ali estão desde prédios modernos até alguns mais antigos, que chamam bastante a atenção como, por exemplo, o prédio da FIESP e o Conjunto Nacional. Há opções de cinemas, museus, restaurantes, lojas de departamentos, shoppings, galerias, etc. Neste post irei sugerir os pontos mais interessantes, para conhecer sem tédio!!!

Avenida Paulista SP: Por onde começar???

Eu recomendo começar pelo lado da Paulista que se encontra com a Rua Augusta. Mais precisamente, na Estação de Metrô Consolação e aí ir descendo a avenida. Preparados?? Então vamos ao nosso roteiro pela Paulista.

Ciclovia da Paulista

Conjunto Nacional

Este prédio dos anos 50, de autoria do arquiteto David Libeskind, por fora não é muito atraente, mas foi destaque na época por mesclar o uso residencial, comercial e de lazer em um único lugar. Ficou famoso também por ser o primeiro shopping center do Brasil.

Hoje em dia, possui nos andares superiores escritórios, apartamentos, e no térreo uma galeria comercial, além de restaurantes e cafés. Também há um Espaço Cultural, com exposições temporárias. Mas o meu local preferido é a Livraria Cultura. Ela é gigante, e possui espaços para leitura, com pufes espalhados pela loja, além de um café.

Mas a grande novidade para 2.021 é a reabertura das duas salas de cinema da Cinearte que haviam sido fechadas em 2.020. Serão administradas pela Cine Marquise e haverá um espaço de café da Cheirin Bão, com cafés especiais e aperitivos caseiros.

MASP

Entrada: Adultos – 60 reais

Às 3ªf a entrada é gratuita.

Ingressos online neste link.

O MASP é um dos locais mais visitados da cidade

O MASP é o cartão-postal da cidade. Construído em 1968, de autoria da arquiteta Lina Bo Bardi, foi um marco da arquitetura moderna do século 20. Possui um vão livre onde costumam ser realizadas feiras de artesanato. O museu é um dos mais completos da América Latina e concentra obras de diversas épocas.

Há muitas obras de arte italianas, francesas, mas também brasileiras, africanas e asiáticas. Entre os quadros mais famosos estão: “Rosa e Azul“, de Renoir; “Passeio ao Crepúsculo“, de Van Gogh; e “Os Retirantes“, de Candido Portinari. Entre as obras dos impressionistas, há pinturas de Renoir, Cézanne, Manet, Gauguin, e Toulouse-Lautrec. Os artistas brasileiros estão representados por Anita Malfatti, Cândido Portinari, Victor Brecheret, Almeida Junior e Di Cavalcanti. Também há esculturas de Degas, antiguidades egípcias e acervo de fotografias. No subsolo há uma coleção de 140 vestidos de designers famosos dos anos 60 e 70. Enfim, opções não faltam e você poderá conferir obras de diversos campos artísticos!!!

As obras ficam suspensas em cavaletes transparentes, o que permite maior interação do púbico

Ele é um museu grande, e, portanto, deve-se reservar pelo menos 2 horas para a visita. Eu recomendo começar a visita subindo até o último andar, onde estão os quadros mais famosos, e aí ir descendo pelas escadas. Há um café Suplicy no subsolo e no 1º andar.

Atenção: aos finais de semana há bastante fila na bilheteria, então recomendo comprar o ingresso online.

Feirinha Gastronômica da Paulista

Alameda Rio Claro, 276.

Esta feira que fica um pouco escondida, em uma travessa logo ao lado do Masp, oferece diversas opções de food trucks. É possível saborear desde um hot dog ou churros, até uma comida japonesa e mexicana. Aos finais de semana tem até música ao vivo. O local dispõe de algumas mesinhas que ficam na calçada, mas que aos finais de semana costumam ficar cheias!!! Os preços são bem acessíveis, portanto, dá pra provar um pouco de cada coisa sem gastar muito.

Mirante do SESC Avenida Paulista SP

Avenida Paulista, 119.

avenida paulista sp
Vista do alto do Mirante do SESC

Este é um ótimo passeio para todas as idades. A entrada é gratuita e basta só se apresentar em frente ao elevador, que irão colar um adesivo em sua roupa autorizando a subida. Aí é só subir até o último andar e apreciar a linda vista panorâmica da Avenida Paulista!!! O local fica em uma espécie de deck envidraçado, o que possibilita ótimas fotos. Há um café no local, o Café Terraço. No andar logo abaixo fica um restaurante, o Comedoria SESC, que segue o cardápio usual dos restaurantes do SESC, com pratos feitos a preços baixos (mas que nem por isso deixam de ser saborosos!).

E que tal conhecer um pouco sobre Ilhabela, no litoral norte de SP?? Então siga este link.

Japan House

Site oficial com a agenda de exposições neste link.

Entrada Gratuita.

japan house
Japan House vista de fora

Um dos meus locais favoritos na Paulista, este museu inaugurado em 2017, possui além de dois espaços para exposições, um restaurante e um café. Além disso, também costumam ser realizados diversos cursos no local, a maioria gratuitos, ligados a fotografia e a artes orientais. É um espaço bem moderno e gostoso de se conhecer.

Há uma exposição no andar térreo, logo na entrada, e outra no 2º andar. As exposições são sempre muito curiosas e ligadas à cultura japonesa. Para vocês terem ideia, já fui em uma que era sobre “arquitetura para cães”, com diversos projetos para cada tipo de raça, incluindo casinhas em estilo moderno e roupinhas bem diferentes.

japan house
Exposição de roupas moderninhas pra cachorros

Também já fui em uma que era sobre “aromas e sabores”. A exposição era interativa e você tinha que descobrir em qual das centenas de frascos estava o com cheiro de flores de cerejeira. Já na seção sobre sabores, você tinha que degustar algumas “balinhas gelatinosas” em forma de ursinhos, bem típicas do Japão, e descobrir do que eram feitas. Uma tarefa árdua e difícil, não?! rs

japan house
A exposição de aromas e sabores

No térreo há uma lojinha que vende produtos importados do Japão. Há artesanato e livros (em japonês mas também em inglês) sobre o Japão. Ao lado há um café muito gostoso, o Café Sabor Mirai, que serve sobremesas japonesas. Você pode fazer o pedido e então ler tranquilamente um dos livros, e conhecer mais sobre a cultura japonesa.

Almoçando na Japan House

No 1º andar há um restaurante, o Aizomê. Com conceitos de sustentabilidade, serve diversos pratos acompanhados do tradicional arroz japonês, o gohan. Há opções com carnes, peixes e também vegetarianas. Mas também serve sushis, sashimis, udon e soba. Para sobremesas, há versões japonesas para os doces ocidentais conhecidos, com leveza, frescor e preparadas com ingredientes típicos do Japão.

Enfim, antes de ir embora não deixe de dar uma passada advinha onde??? No… banheiro!!! Isso mesmo!!! Pois ele possui assentos tecnológicos, do Japão, que possuem diversos botões. Cada um faz uma coisa diferente: um solta duchinha, o outro acende luzes, enfim, só testando para saber!!!!

Após sair, não deixe de olhar para cima, pois atrás do prédio da Japan House está um dos murais do artista de rua Eduardo Kobra que representa Oscar Niemeyer.

avenida paulista sp
A Japan House com o mural de Kobra ao fundo

Casa das Rosas

Avenida. Paulista, 37

Entrada gratuita.

Visita ao interior do casarão: 3ªf a sábado.

A Casa das Rosas, um pouco escondida no final da Pauslita

Por fim, chegamos na chamada Casa das Rosas, que está localizada em um antigo casarão ao final da Paulista, já próximo ao Shopping Paulista. O estilo é o clássico francês e foi no passado moradia de antigos barões de café. Ela foi construída em 1.935 e em 1.980 os seus moradores se mudaram. O local virou então um espaço cultural, o Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Ali ocorrem diversos eventos literários, palestras e exposições. Pode-se conferir a agenda de programação oficial neste link.

É possível visitar o interior do casarão, que está aberto na maioria dos dias. Em seu interior ainda estão conservados os antigos dormitórios, e também uma livraria. Mas o que mais impressiona é o seu exterior, com os jardins de rosas, que florescem durante os meses de verão. Há centenas de espécies, todas rotuladas com uma placa explicativa. Também há um restaurante/café aos fundos, que recomendo muito!!! Chama-se Caffè Ristoro. A comida é bem gostosa e os pratos são muito bem elaborados. O preço não é exorbitante, e além disso, vale a pena pelo ambiente muitíssimo agradável, em meio ao jardim.

casa das rosas sp
Os Jardins da Casa das Rosas estão abertos diariamente

Enfim, este foi meu Roteiro de 1 dia pela Avenida Paulista SP. Espero que tenham gostado, em breve postarei mais dicas da cidade!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima